Cleonices

coisas da cleo

Arquivo da tag: lookdodia

Longa, justa, curta ou volumosa. A história das saias, justamente por sua praticidade, surgiu no período Mesolítico, feitas com peles de animais amarradas às cinturas. Com os anos, por volta do século XII, elas passaram a figurar quase que exclusivamente no guarda-roupa feminino. De aí para hoje, diversos modelos foram surgindo. Por isso, é preciso conhecê-los para saber qual combina mais com o seu formato de corpo. Fique de olho!

Lápis

Conhecida por vestir perfeitamente grandes executivas dos filmes hollywodianos, a saia lápis é aquela justa no corpo, afunilada desde a cintura, até as coxas. Indicada para mulheres magras, pois se o quadril for largo demais, a peça pode subir a cada vez que você andar, gerando um terrível desconforto.

Plissada

Feita com diversas dobraduras em seu tecido, esse tipo de saia é ideal para montar um look romântico. Cuidado apenas com a dimensão das peças, elas podem dar a impressão de aumentar o quadril, deixando o corpo desproporcional.

Godê

Muito usada nos anos 1950, a saia godê continua em alta. Rodada e soltinha, garante a feminilidade da produção. Invista em blusas justas, pois o modelo marca a região da cintura.

Longa

Longa (1) Longa (2)

Ideal para todos os tipos de alturas e corpos. As mais altas podem investir em modelos estampados e volumosos. Já as mais baixas devem apostar nas peças fluidas e de cores escuras, que dão a ilusão de alongamento. Cintura alta também garante o efeito de silhueta alongada.

Minisaia

Criada por Mary Quant, esse, sem dúvida, é um dos modelos mais sensuais de saia. Garotas de pernas saradas e torneadas podem investir sem medo.

Reta

Básica, vai bem com todos os estilos, principalmente com tops volumosos e cheios de cores. O tamanho da cintura e da barra são praticamente iguais, por isso, atenção para a marcação do quadril, que pode ficar muito em evidência, criando, ainda, um corpo “quadrado”, sem cintura.

Midi

Queridinha do verão, seu comprimento fica entre o joelho e a panturrilha. Pode vir no modelo godê, sendo bem rodadinha, criando uma aparência retrô, ou mais afunilado, totalmente marcadas ao corpo. As mais cheinhas podem optar pelo primeiro tipo, as magrinhas, pelo segundo.

Shape A

Shape A (1) Shape A (2)

Ao contrário da reta, essa é mais aberta no comprimento, semelhante ao formato da letra A mesmo. Elas podem ser usadas por quem tem pernas grossas, pois dá uma sensação de afinamento. Um salto alto complementa bem o look.

A alegria de ser convidado para um casamento ou evento grandioso quase sempre é acompanhada de uma dúvida: o que vestir? Isso se agrava quando o tipo de traje é imposto no convite. Passeio completo, esporte fino, black tie… Cada um desses pede uma produção diferenciada e é importante seguir a orientação para evitar estar elegante demais para um evento descolado ou o contrário. Para não errar no look, selecionamos algumas dicas para cada tipo de evento e traje.

Traje esporte

esporte (2)esporteesporte_

O que é? É o mais simples. Pode usar jeans ou sarja, tecidos menos nobres e apostar na casualidade.

Que tipo de peças usar? Para os homens, uma calça jeans e uma camisa com um ar descolado formam esse look. A bermuda também pode ser usada sem medo. Para as mulheres, um vestido de comprimento acima do joelho é uma peça indicada. As estampas coloridas e divertidas são bem-vindas.  Nos pés, tênis ou, no caso delas, sandálias baixas.

Quem usa? Convidados em geral de eventos descolados e/ou durante o dia e de aniversários convencionais.  Funcionários para happy hour ou almoço da empresa.

Traje esporte fino ou passeio

esporte fino esporte fino (2)esporte fino_

O que é? É uma versão um pouco mais sofisticada do look casual. Os materiais já são um pouco mais requintados e é possível fazer um mix de luxo e casualidade.

Que tipo de peças usar? Para elas, o vestido preto é peça curinga. Assim como o terno tradicional para eles (dependendo do local e do horário, a gravata está dispensada).  Nos pés, sapatos para os homens e sandálias de salto médio para as mulheres.

Quem usa? Convidados de aniversários ou eventos mais requintados  ou de eventos sociais durante o dia, como recepções ou lançamentos.

Traje social ou passeio completo

social social (2)social_

O que é?  Esse traje é o mais comum de ser visto em casamentos. É o que a maioria dos convidados usa. Formal, ele deve ser usado em situações que pedem uma produção maior.

Que tipo de peças usar? Vestidos longos ou longuetes e terno completo para eles são as peças-chave para esse traje. Os materiais podem ser mais nobres, o sapato muito bem escolhido (para elas, um glamouroso salto alto) e os acessórios devem chamar a atenção. Brilho está totalmente permitido.

Quem usa? Madrinhas e padrinhos de casamentos durante o dia, convidados de casamentos ou outras cerimônias durante a noite.

Traje a rigor, de gala ou black tie

gala gala_

O que é? O dress code de quem é destaque em uma cerimônia é o famoso tenue de soirée (“roupa de noite”, em francês). Superformal, ele deve ser o mais glamouroso possível.

Que tipo de peças usar? Vestidos longos de tecidos finos, apostando em brilhos, bordados, rendas e transparência.  As bolsas devem ser pequenas e as joias devem chamar a atenção sem roubar o brilho do look. Para os homens, não há como fugir: a única opção  é usar um belo smoking, com uma camisa branca.

Quem usa? Madrinhas e padrinhos de casamento durante a noite, homenageados em premiações ou eventos semelhantes e pais dos noivos.

A chegada das temperaturas mais altas e a busca pela melhor forma para exibir os corpos no verão já estão lotando as academias. A preocupação com a roupa correta para vestir em cada atividade vai muito além da estética. Isso porque uma roupa inadequada gera incômodo e essa falta de conforto pode prejudicar a prática esportiva. Por isso é importante escolher looks de moda fitness que prezem por peças confortáveis, que modelam a silhueta e deixem homens e mulheres prontos para arrasar durante e depois da malhação.

Quando falamos em roupa de academia, logo imaginamos aquelas tão famosas leggings combinadas com largas camisetas, certo? Errado. Se preocupar com as peças de roupas usadas na hora da atividade não é frescura. A roupa certa pode melhorar seu desempenho e evitar situações de riscos, como a desidratação.

O primeiro fator que deve ser levado em consideração ao escolher o look fitness, é o grau de conforto que ele vai proporcionar. Mas isso não quer dizer que você deve pegar o primeiro camisetão velho que encontrar no armário. Confira as peças mais indicadas para se usar nas atividades mais bombadas do momento:

Spinning

PMG Lingerie-308

Febre entre quase todas as academias, as pedaladas indoors caíram no gosto dos viciados em endorfina. Mas as mulheres devem ficar atentas à produção, como ensina a professora da Bodytech, Johny Oliveira. “Evitem shorts muito curtos, pois podem causar assaduras entre as pernas”, diz. Uma boa opção é investir nas bermudas ciclistas nos dias quentes ou nas calças leggings, nos dias mais frios. Combine com regatas soltinhas de diferentes cores.

Zumba

PMG Lingerie-320

A dança vem conquistando adeptos de todas as idades pelas academias do mundo. O exercício, que mistura movimentos aeróbicos com ritmos e coreografias latinas pode queimar até mil calorias por aula. “Os treinos melhoram a resistência, maximizam a queima de gorduras localizadas e beneficiam o condicionamento cardiovascular”, explica a professora da modalidade Giselle Kury. Portanto, prepare-se para sair molhada de suor. Opte por roupas de tecidos leves. O combo short-saia, inspiradas nas jogadoras de tênis, são boas escolhas, pois além de serem confortáveis, dão feminilidade para a mulher se arriscar nos passos de dança na sala de aula.

Muay Thuai

PMG Lingerie-310

As mulheres invadiram o ringue! As artes marciais deixaram, definitivamente, de serem vistas como uma atividade masculinizada para conquistar de vez a atenção de muitas mocinhas em busca de mais saúde e corpo sarado. Como em outras lutas, a prática tailandesa também possui sua própria vestimenta. Além dos protetores bucais, luvas, ataduras e caneleiras, o short é item necessário para a prática do muay. “Mas os iniciantes podem optar por peças confortáveis para as primeiras aulas. Escolha aqueles modelos de elástico que não passam da metade da coxa. Cavas laterais ajudam ao esticar as pernas e facilitam na hora de encaixar os golpes”, explica o mestre Leandro Lamarca.

Ballet Fitness

PMG Lingerie-313

Uma aula diferente. Assim pode ser definida a dança que vem invadindo as academias de ginástica: o ballet fitness. Apesar de ter ganhado destaque recentemente, a modalidade foi criada há 22 anos, pela professora Betina Dantas. “A prática ajuda a trabalhar a postura, melhora o tônus muscular, a flexibilidade, a respiração e o equilíbrio”, conta Cristina Albuquerque. Por ter muitos elementos inspirados na dança clássica, as alunas costumam se vestir como próprias bailarinas modernas. Abuse de bodys combinados com shorts e leggings. A peça garante segurança para a realização dos movimentos.

Ioga

PMG Lingerie-317

Arma contra a ansiedade, a ioga é conhecida pela prática de exercícios e a meditação para trabalhar o corpo e a mente. Por possui dezenas de posições que exigem elasticidade, a professora Alexandre Abreu, indica o uso de calças mais largas. “Pode ser um moletom ou um training. Quanto mais à vontade o aluno estiver com ele mesmo, incluindo suas vestimentas, melhor será o resultado da ação”, conta.

Musculação

PMG Lingerie-309

Como a atividade não depende de muitos movimentos, as alunas podem escolher os modelos de macacões e macaquinhos para puxar ferro. Os shorts mais larguinhos de tactel surgem também, pois além de práticos para compor um look, ajudam a diminuir os quadris. As mulheres que tiverem o hábito de correr na esteira devem ficar atentas à escolha do top. “Ele tem que ter uma boa sustentação e, o ideal, é que não seja nem de abotoar ou amarrar”, explica a instrutora Suzana Castro.

No próximo domingo, dia 21 de junho, começa oficialmente o inverno e o que não vão faltar nas ruas são capas e ponchos para substituir os casaco e dar movimento às produções. As peças são o must have da estação e foram apostas de diversas grifes internacionais, como Burberry, Ralph Lauren, Tommy Hilfiger, Valentino, Dolce & Gabbana e Saint Laurent. Tudo para sair da monotonia e garantir elegância e modernidade aos looks.

8mar2015--

As capas, uma espécie de blazers com abertura para os braços ficarem à mostra, deixam qualquer produção super fashion. Com um toque clássico, geralmente de cor única, chamam a atenção nos detalhes. Existem diversos modelos, desde as mais curtas – combinadas com partes de baixo mais volumosas – até capas longas, que podem ser usadas abertas ou com partes de baixo secas, como leggings e calças skinny.

Capa-Gucci-inverno-2013

Apostamos na tendência e criamos um modelo que leva a estampa exclusiva da temporada inspirada na arte contemporânea e intervenções urbanas das charmosas capitais da Inglaterra e França. O londrino Banksy traduz nosso lado mais street, enquanto a Pont des Arts, em Paris, com seus cadeados e juras de amor eterno mantém o viés romântico. “A capa disfarça as indesejadas gordurinhas, pois alonga a silhueta. É uma ótima aposta neste inverno”, afirma Cleo.

Cleo - Conceito - INV15 - Alta (1)

Fotos: Divulgação e Márcio Rodrigues

 

O tradicional longo, febre na Europa desde o inverno 2011, ganhou a moda brasileira. Versáteis e super femininos, as saias e vestidos longos aparecem renovados e seguindo as tendências do mundo fashion.

Com o inverno chegando, o que passou pelos desfiles mundo a fora começa a ditar moda para a nova estação. Nas passarelas e nas ruas, modelos em todas as versões, desde os mais elaborados e elegantes – para ocasiões especiais – até os mais despojados para o dia a dia.

Cleo-32 Cleo-15

Nós apostamos no comprimento para criar a coleção Street Art. Com sofisticado toque cosmopolita, trazemos peças que valorizam a elegância feminina em seu dia-a-dia. Com uma cartela de cores que vai do off-white aos tons neutros, nossos modelos foram inspirados em shapes clássicos e elegantes.

Para as mais baixas, a dica é fugir dos modelos rodados, estilo ladylike, pois achatam a silhueta. Evite também usar cintos, que desvalorizam o tronco. Aposte em looks monocromáticos, que dão um efeito alongado ao corpo.

Para as magrinhas, modelos com pregas, babados e franzidos são super indicados, mas é preciso combinar com peças mais discretas. Para quem está um pouco acima do peso o ideal são os modelos retos.

Se você é adepta ao estilo, use e abuse deste comprimento que, além de elegante, pode ser usado também no verão.

Cleo-21

Fotos: Márcio Rodrigues